Sala de jantar: o espaço do encontro

Nenhum Comentário

05. 06. 2017

Por tatiana-mello

 

 

A luz do enorme lustre no teto ressalta o brilho das cadeiras envernizadas. Na mesa comprida em madeira rústica, a delicadeza da toalha bordada. Nas paredes, as pinturas de paisagem tropicais embelezavam aquele momento de todas as tardes e noites. Havia uma ordem inalterável ali: o pai provedor na cabeceira, ao lado da esposa e mãe que – com ajuda das empregadas – fazia as refeições, os filhos vinham depois e, por fim, os convidados. Era assim a hora do jantar (ou do almoço) em uma casa colonial.

 

O amplo cômodo e as formalidades das casas coloniais já não existem mais. Na vida moderna, a hierarquia dos acentos já não faz tanto sentido. A madeira grossa deu lugar à tampos de vidro, mármore, granito e tantos outros materiais. O seu espaço físico, agora está distribuída em um grande ambiente, se integrando com a sala, cozinha e varanda. Tantas mudanças e costumes superados depois, uma coisa não mudou: a sala de jantar é – para receber familiares, amigos ou em um momento romântico à dois – o espaço do encontro.

 

Embora tenha sido transformado o seu uso com o tempo, esse ambiente deve ser pensado com o mesmo cuidado e zelo que toda a casa. Quando desenvolvo um projeto que envolve a sala de jantar, penso, antes de qualquer coisa, no espaço que tenho. Tudo depende de como as ideias serão encaixadas e em como harmonizarão com o restante da decoração.

 

 

Se a ideia é ter um ambiente moderno e elegante, podemos ousar com cadeiras de diferentes design ou cores. Isso, é claro, desde que conversem entre si. Já se for optar pelo tradicional, apostar em releituras dos itens mencionados no começo do texto pode ser uma boa. A iluminação deverá ser bem pensada com luzes nas cores certas, pois não queremos deixar uma aparência feia na comida.

 

Caso o espaço seja muito pequeno, a dica é encostar um dos lados da mesa na parede. Para dar uma sensação mais leve, o vidro é sempre um curinga. A disposição dos assentos e a utilização de bancos ao invés de cadeiras também são cuidados pontuais que tornam o espaço mais funcional.

 

Grandes ou pequenas, integradas a um balcão ou de canto, a sala de jantar será sempre o espaço de reunião e convivência mais calorosa entre as pessoas da casa e os convidados. Das recepções de negócios aos românticos jantares a dois, este sempre será o cômodo do encontro.

 


Nas minhas redes sociais vou dar mais dicas pontuais sobre como dar um UP na sua sala de jantar. Na aba Projetos Online, você fica sabendo como transformar sua casa em apenas alguns cliques. Na semana que vem vamos falar de flores na decoração. E aproveitando o clima de romance do dia dos namorados, no sábado, tem um post especial e cheio de romantismo.

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *