Flores na decoração: como usar?

1.781 Comentários

13. 06. 2017

Por tatiana-mello

 

 

No hemisfério sul, a primavera só chega em setembro, mas não é preciso esperar a estação mais florida do ano para ter o perfume e as cores deste artigo em casa. Na decoração, flores são sempre sinônimo de requinte e sofisticação. Elas também deixam os ambientes bem mais aconchegantes e com um frescor todo especial.
Apesar de serem quase uma unanimidade quanto a sua beleza, muitas pessoas ainda resistem em apostar em flores na decoração. A relutância nasce quase sempre da ideia de que os cuidados diários – como a troca da água ou terra dos vasos e a reposição depois que murcham – dão muito trabalho. Caso a questão do tempo seja realmente um problema, uma saída pode ser apostar em arranjos artificiais.

Neste apartamento, a paleta de tons claros permitiu o uso de um arranjo ousado em orquídea natural na mesa de centro

 

Se essa for a escolha, preze pela qualidade. Procure lojas especializadas. Elas tem produtos diferenciados e de aparência bastante natural. Geralmente, são um pouco mais caras, mas valem muito a pena o investimento.
Depois de escolher se vai apostar em arranjos naturais ou artificiais, é hora de se concentrar na harmonização. Fique atenta para não exagerar na quantidade. Um artigo tão delicado deve ser utilizado de forma sutil. Escolha um lugar de destaque e tome o cuidado de ver se existe um diálogo com a cartela de cores do ambiente e, na dúvida, aposte no verde. Apenas na folhagem, uma tendência que vem com força.
Confira meu post sobre cores e entenda melhor
Diferente do que possa se pensar, as flores não precisam ficar restritas aos locais clássicos. É claro que um belo arranjo ao lado do sofá ou na mesa de centro da sala sempre irão agregar valor e beleza ao ambiente, mas isso não te impede de fazer uso deste artigo nos quartos – onde plantas purificadoras de ar podem ser a escolha perfeita – ou na cozinha, por exemplo. Este último, inclusive, não precisa ser apenas um local de trabalho sem qualquer ponto decorativo.

 

Neste consultório, o arranjo de flores artificiais na cor branca foi a escolha mais adequada para quebrar um pouco as cores mais escura do projeto

 

Além dos cômodos já citados, a varanda é o local em que as flores têm ganhado mais espaço – na verdade, plantas em geral. Uma tendência que tem sido observada principalmente em apartamentos, sobretudo com o advento das paredes verdes (o que acham de falar mais sobre isso em um post futuro?).

 

 

Confira meu post sobre as varandas
Caso vá apostar no “faça você mesmo”, é necessário entender que os arranjos devem respeitar algumas regras de proporção (altura, volume e cor). Se tiver condições, uma ajuda profissional é muito bem vinda. Um olhar externo e mais qualificado pode fazer toda a diferença.
Visite a aba Projetos Online, solicite um orçamento, e tenha flores e a decoração de sua casa renovada sem sair de casa. Durante a semana no stories do Instagram e no Facebook vou dar mais algumas dicas, com exemplos, sobre como usar flores na decoração. Me acompanha por lá. Te espero!

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *