SEG - SEX: 09:00 - 17:00

O passo a passo e o processo criativo no projeto de interior de uma casa

 

 

 

 

Olá! Hoje vamos falar de um projeto no qual fui contratada para fazer a arquitetura de interiores. Uma colega, com a qual o casal já estava habituado trabalhar, já tinha feito o projeto a nível de prefeitura, mas não definiu nada interno. Então, vamos dizer que recebi uma obra crua. Sendo assim, fomos contratados para definir tudo: acabamento, revestimento, iluminação, forro e toda a parte de mobiliário.
O projeto em questão é uma casa de 900 m² e dois andares para uma família de quatro pessoas. Uma das exigências do casal era não pesar tanto a mão em um conceito, pois eles não sabiam quanto tempo iam ficar aqui na cidade e queriam deixar o imóvel pronto para a venda sem precisar mexer muito. Outra coisa que ficou clara em nossa conversa inicial, foi que eles eventualmente recebem a visita dos pais de cada um, o que demandaria dois quartos no andar de baixo. Desta forma, o programa da casa ficou sendo: varanda gourmet, escritório, sala, cozinha, duas suítes (uma para os pais dele e outra para os pais dela), além da dependência de empregada com área de serviço; No pavimento superior, são 4 suítes – sendo uma de hóspede – e um sala para home cinema.

 

 

 

 

Em meus projetos, sempre passo um questionário para o cliente, onde vislumbro ter informações mais detalhadas sobre o que se espera do resultado. As perguntas vão desde especificações até a rotina da casa/apartamento/escritório. Neste aspecto, duas das coisas que mais demoro a entender e das quais preciso do máximo de informação são cozinha e closet, por serem mais pessoais do uso da família e individual. No caso desta casa, além dos closets – todos os quartos têm – ainda existem duas enormes rouparias. Então temos que paginar prateleiras e vãos de guardar de maneira muito específica e a colaboração do cliente nessas horas é fundamental.

 

 

Uma curiosidade que apareceu nesse momento foi que o closet precisava ter espaço para a enorme árvore de natal da família – quase 2 metros. Um fato que me deixa ainda mais segura da minha forma de trabalhar. A conversa é fundamental. E norteia o projeto.

 

 

Depois dos pedidos continuamos nos falando. É a fase da adequação destes desejos. Alguns, por motivo de espaço ou encaixe fica de fora e é ótimo poder contar com o cliente nesta tomada de decisão. Nesse projeto, especificamente, reduzimos o tamanho da adega que eles queriam para que a cozinha comportasse outros itens imprescindíveis.

 

 

 

 

A partir daí entram minhas sugestões e o meu entendimento do que fica melhor para aquele projeto. Na sala, optei por adquirir um mobiliário novo, pois como tínhamos um cômodo para home cinema, o ambiente da sala do térreo seria quase que exclusivamente de estar e o sofá que a família tinha não fazia sentido, pois era bem característico dos sofás de ver TV. Minha sugestão foi partir para algo mais sofisticado e em linhas retas, até em função do estilo de casa.
Apesar de ter uma cara neoclássica, o casal optou por não imprimir este estilo na decoração da casa. A sala de jantar, por exemplo, embora a mesa seja em laca com vidro, puxando para uma pegada mais clássica, tem cadeiras mais modernas, uma releitura na verdade. Como um todo, optei por deixar a casa o mais clean possível, permitindo assim a entrada de objetos decorativos de diferentes épocas e influências sem causar confusão de informação e sem deixar over. Tudo o mais atemporal possível, até pela possibilidade sinalizada logo de início de venda da casa. Este conceito quase minimalista norteou toda a decoração, exceto nos quartos dos filhos, onde atendemos o desejo e recriamos o universo favorito de cada um. No mais, o quarto de casal, banheiros e demais cômodos seguiram a pegada clean definida.

 

 

 

 

Essa casa é prova viva que ao optar por uma decoração mais limpa não necessariamente estamos abrindo mão do luxo. Cliente satisfeito, arquiteta satisfeita e a certeza mais uma vez que a conversa e estar ao lado do cliente no processo criativo são o caminho mais certo.
Gostou? Me segue nas redes sociais e fique por dentro de mais dicas. Quer dar um up na sua casa? Clique em Projetos Online e descubra como. Até a semana que vem.

 

 

  • Category :
  • Type :
Sobre a Tatiana
Olá! Ao longo do meu tempo de profissão venho notado que algumas dúvidas são recorrentes. Que algumas pessoas, às vezes, só precisam de uma dica ou um empurrãozinho para mudar o espaço que mora ou trabalha. Assim, surgiu a ideia do Blog. Queremos saber também, quais são as suas dúvidas e te ajudar, de alguma forma, a modificar ou melhorar seu ambiente de morar ou trabalhar.SAIBA MAIS
Comentários

Deixe seu comentário

    Your Comment